Tag: gps em atraso

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Código 1201 GPS INSS – Pagar, Atraso

Pagar GPS INSS Código 1201

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como preencher Guia GPS. Esse é um documento destinado à Receita Federal. É usado para recolher contribuições sociais de empresas, contribuintes individuais, os facultativos – ou seja, os que optam, empregados domésticos, dentre outros.

codigo-1201-gps-inss

O GPS é um documento expedido pela Receita Federal e usado para pagamento de contribuições sociais, incluindo o INSS.

Onde emitir a guia GPS

A Guia GPS pode ser expedida online, no site do INSS. Mas se se tratar de dívida já prescrita, é preciso que a emissão da guia GPS se dê pelo aplicativo e-CAC.

Onde pagar a GPS?

A GPS pode ser paga em bancos, lotéricas, caixas eletrônicos e até mesmo pelo internet banking.

Como preencher a guia GPS?

A guia GPS INSS deve ser preenchida corretamente, para que você não tenha qualquer problema com relação à destinação correta.

Os campos da guia GPS contemplam:

  • Nome
  • Endereço
  • Telefone
  • Código de pagamento

Código de pagamento INSS

Os códigos de pagamento INSS são inúmeros. Veremos alguns abaixo:

1007

Contribuinte Individual – Recolhimento Mensal – NIT/PIS/PASEP

1066

MEI – Contribuinte Individual – Recolhimento Mensal – CPF – DAS/MEI (DARF)

1120

Contribuinte Individual – Recolhimento Mensal – Com dedução de 45 % (Lei nº 9.876/99) – NIT/PIS/PASEP

1201

GRC Trabalhador Pessoa Física (Contribuinte Individual, Facultativo, Empregado Doméstico, Segurado Especial) – DEBCAD (Preenchimento exclusivo pela Previdência Social)

Confira também: Tabela de Códigos do INSS

codigo-gps-inss

Como se vê, o Código 1201 GPS INSS refere-se à contribuinte individual, facultativo, empregado doméstico e segurado especial.

Vias da Guia GPS

São 2 vias da guia GPS INSS. Uma para guardar em local seguro, a fim de comprovar recolhimento. E a segunda, para controle do agente arrecadador.

Guia GPS INSS: prazo

Os prazos para recolher guia GPS são:

  • Para empresas: até o 20° dia do mês seguinte;
  • Cooperativas: até o 20° dia do mês seguinte;
  • Pessoa física: até o 15° dia;
  • 13° salário: até 20 de dezembro.
  • Doméstico: até 20 de dezembro.

Juros e multa INSS atrasado

Quem pagar INSS atrasado terá que arcar com custos de juros e multa, conforme a legislação exige. É possível fazer cálculo do INSS atrasado pela internet.

Os juros correspondem à taxa SELIC e são de 1% ao mês. Já a multa é de 0,33% por dia atrasado.

Recolher INSS guia GPS: valores

O valor mínimo para recolhimento INSS é de R$ 10,00. Já o limite máximo para pagamento da guia GPS é de R$ 1 mil reais. E pode ser feito por apps, em agências, loterias etc.

Dúvidas? Não deixe de contatar o INSS ou até mesmo a Receita Federal. Também é importante guardar os comprovantes de pagamento da guia Código 1201 GPS INSS, até para que você tenha garantias caso haja algum problema.

Não se esqueça de no caso de segurados facultativos, autônomos e outros, o pagamento da guia GPS é de responsabilidade do próprio trabalhador. Desse modo, sempre esteja em dia com o INSS para não perder os seus benefícios. Nunca se sabe o momento em que você vai precisar deles.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Guia da previdência social em atraso

Pagar Guia da Previdência Social Atrasada

A Guia GPS é um documento com o objetivo de recolher as contribuições sociais de responsabilidades das empresas, do contribuinte individual e facultativo, do segurado especial e ainda, das empregadas domésticas, a respeito das contribuições anteriores a dois anos atrás.

Esse documento pode ser a Guia GPS online, gerada pela internet ou mesmo em algum atendimento da Receita Federal. Vamos falar aqui, sobre cálculo, orientações e informações sobre o pagamento da Guia GPS em atraso.

guia-da-previdencia-social-em-atraso

Guia da previdência social em atraso

Se você é um contribuinte facultativo e perdeu o prazo para pagamento, mas não está fora da sua qualidade de segurado, você poderá efetuar o pagamento da contribuição em atraso. Já se for contribuinte individual, terá duas escolhas: Se o período não estiver dentro dos cinco anos que são contados antes do período vigente, o contribuinte pode calcular o atraso, somente se tiver realizado o primeiro recolhimento sem atraso.

Ou, ainda, caos o contribuinte individual não tenha nem efetuado cadastro da previdência, o mesmo deverá ir em uma das agências e comprovar que foi trabalhador autônomo durante esse período. O mesmo vale para as empregadas domésticas.

GPS individual Atrasada – Como Preencher

Para os autônomos que trabalharam prestando serviço para outras pessoas físicas, nesta hora de pagar o INSS, diferem os procedimentos dos outros trabalhadores. Deve ser preenchida por eles a GPS(Guia da Previdência Social).

Tome bastante cuidado e preste total atenção no ato de preenchimento desta guia, alguns dados são extremamente difíceis de serem alterados futuramente.

Você deve acessar ao site da Previdência Social, onde vai encontrar um quadro à sua esquerda com a escrita: Guia da Previdência Social. Clique ali e ele te enviará para outra página, onde você deve encontrar a opção “calcular guia/carnê”. Daí você entra no site da previdência e escolhe a opção correspondente ao tipo de contribuição que está em atraso.

Após isso, você deve preencher o tipo de contribuinte, assim como os dados de NIS/PIS (ou PASEP) e o seu código de segurança. Assim feito, aparecerá na a confirmação dos dados necessária, se estiver tudo correto, aperte em Ok, confirmando o processo.

Agora o que você precisa fazer é colocar as informações para o cálculo: Competência (Mês de contribuição atual), e o salário de contribuição, (renda do contribuinte), logo após, informe o tipo de contribuição, a melhor data para o carnê e imprima para pagamento a sua guia gps online.

Como calcular INSS em atraso código 1163

Você sabe como calcular INSS em atraso código 1163? Este é para contribuintes que, prestam serviços às pessoas físicas, entretanto tem recolhimento de 11% do salário mínimo. Diferente do código 1007, também para contribuintes deste grupo, mas que tem recolhimento de 20% do salário mínimo.

Existem ainda os cálculos para os códigos de estudantes, donas de casa e desempregados – 1473 – onde acrescentam 11% do salário mínimo. Também a parcela de todos esses mesmos que não possuem renda, só que mínimo da contribuição é de 20%, código 1406.

O contribuinte facultativo que comprova baixa renda – 1830 – comprovadamente só recebe até dois salários mínimos, terá que pagar o valor equivalente a 5% do salário mínimo.

Saiba mais acessando: Códigos INSS

calcular-guia-da-previdencia-social-atrasada

Guia INSS

Se você ainda tem dúvidas sobre a Guia INSS, Guia gps empresa, guia gps online, extrato INSS empresa, ou outras a respeito do assunto, o telefone de atendimento ao público do Instituto Nacional do Seguro Social, está disponível para lhe atender no horário de 7 horas até às 22 horas, no horário de Brasília.

Você pode tirar dúvidas, mas a central que atende pelo número 135, não faz cálculos de contribuições em atraso.

Benefícios de manter as contribuições em dia

Como resultado do pagamento pontual das contribuições, se tem muitos benefícios.

A aposentadoria especial que é concedida por idade e tempo de serviço para contribuintes que tenha saúde abalada durante prática de trabalho insalubre. No quesito tempo de contribuição, adiciona-se 40% do tempo habitual.

O Auxílio-doença que é direito de quem sofreu algum acidente ou mesmo foi acometido por doença o que o deixasse incapaz de trabalhar por mais de 15 dias, quando é dada a entrada no benefício e fica segurado pelo tempo que estiver nesta condição adversa.

Ainda podemos falar também sobre o salário maternidade. É um direito garantido às mulheres quando nascem seus filhos. Pode varias de 4 a 6 meses de duração, assim como valor que também varia de acordo com a profissão da segurada. Esse benefício também pode ser concedido em caso de adoções.

A Guia GPS é um documento gerado a fim de calcular contribuições me atraso para pagamento das mesmas. Pode ser gerado pelo contribuinte ou pela empresa. O cálculo não é feito pelo telefone, precisa ser realizado no site da Previdência ou em uma das agências para atendimento presencial. No caso do atraso facultativo, se o período atrasado for mais que 6 meses, somente nas agências poderá ser calculado.