Autor: admin

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Comprovação da Remuneração do Empregado

Prova da remuneração do empregado

Um dos assuntos que mais movimenta discussão no Direito do Trabalho no Brasil diz respeito ao pagamento do salário aos empregados.

comprovacao-remuneracao-empregado

Muitas vezes os funcionários acusam os empregadores de faltarem com o dever legal de pagar mensalmente a remuneração estabelecida na Carteira de Trabalho. Nesses casos cabe ao empregador a Comprovação da Remuneração do Empregado.

Abaixo saiba como fazer prova da remuneração do empregado sem ter dores de cabeça no futuro.

Como provar o pagamento de salário?

 

De acordo com a lei brasileira, se você é empregador, deverá remunerar os funcionários e fornecer recibo, assinado pelos empregados. Esse é o meio correto para fazer a Comprovação da Remuneração do Empregado. Mas muitas vezes os pagamentos são feitos sem emissão de recibo, ou mesmo sem a assinatura do empregado, resultando em problemas futuros para você empregador.

Isso é muito comum se a empresa usa sistema informatizado, por exemplo. Se você está passando por uma situação parecida, está na hora de saber como fazer a Comprovação da Remuneração do Empregado. Apesar de o recibo assinado ser o meio qualificado de prova de pagamento do salário, alguns tribunais têm entendido que as simples fichas financeiras podem ser utilizadas como prova.

Recibo: comprovante do salário do empregado

Dito isso, o documento para Comprovação da Remuneração do Empregado continua sendo o recibo emitido pelo empregador e assinado pelo empregado. Todavia, na falta deste recibo você empregador poderá apresentar em juízo as fichas financeiras de pagamento, ainda que sem a assinatura do empregado. Sendo assunto ainda não pacificado na doutrina e tribunais, cabe disputa caso a caso.

Prova de pagamento do empregado: ônus

Em regra, você também precisa saber que, para o Direito, o ônus é daquele que alega. Assim, se o empregado disse receber valor que não condiz com a realidade, por exemplo, ele deve provar que recebe no montante alegado.

No entanto, a Justiça Trabalhista entende que o empregado é hipossuficiente, ou seja, o mais “frágil” da relação com o empregador. Por conta disso, não é raro vez juízes desonerando o empregado que alegou algum problema com o salário, de trazer provas.

recibo-de-pagamento-empregado

Nesse caso, incumbirá ao empregador fazer a prova de pagamento do empregado, em algo que se chama de “inversão do ônus” da prova. Ou seja, quem alegou foi o empregado, logo, ele deveria provar. Mas se o juiz entender diferente, não será ele quem terá que provar a remuneração, mas sim o seu empregador.

Como provar renda do empregado?

Agora que você já sabe o que é a Comprovação da Remuneração do Empregado, já tem bases suficientes para tratar do assunto.

Sempre que possível, forneça ao trabalhador um recibo de pagamento de salário e exija a assinatura. Esse é o meio mais seguro para conseguir fazer prova do correto pagamento de todas as verbas trabalhistas.

Em todo caso, poderá recorrer ao Judiciário para tentar fazer prova através de outros documentos que atestem o pagamento do salário do empregado.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Declaração de Regularidade

Certidão de regularidade: o que é

Se você é contribuinte individual é importante saber o que é a Declaração de Regularidade. Trata-se de um documento que atesta que você está em dia com os recolhimentos previdenciários, além de que está tudo certo com a sua situação cadastral. Através desse documento você pode ficar por dentro de como anda o seu histórico junto ao INSS.

declaracao-de-regularidade

A certidão de regularidade da Previdência Social é importante para várias questões envolvendo o contribuinte, como participar de licitações públicas, contratos e outras questões, sem contar no caso de ações judiciais que envolvam o tema, por exemplo.

Como se vê, a declaração de regularidade do INSS é um instrumento bem necessário para a prevenção.

Muitas vezes o contribuinte acha que “está tudo certo”, mas acaba ocorrendo algum problema de ordem prática, por exemplo, erros no sistema, além de outras questões que possam surgir e ele só fica sabendo quando o “probleminha” vira um “problemão”.

Desse modo, saiba tudo sobre como expedir a suadeclaração de regularidade. É simples e descomplicado. Nada de burocracia para dificultar a emissão da certidão de regularidade. Vamos lá ver todos os passos para tirar a declaração de regularidade? Acompanhe o artigo.

Como emitir declaração de regularidade?

Assim como vários serviços oferecidos pela Previdência Social, emitir a Declaração de Regularidade é um deles.

Todo contribuinte individual pode emitir certidão de regularidade para os fins que julgar necessários. Descubra agora como funciona a emissão desse documento, onde fazer e também como confirmar a sua autenticidade.

Não consigo emitir declaração de regularidade, e agora?

Para que você possa tirar a Declaração de Regularidade basta acessar o site da Previdência Social e procurar por esse serviço no menu. Você precisará apenas da sua identificação funcional, com PASEP, PIS ou CI. Informe o número de um desses documentos, digite as letras do captcha e clique em “pesquisar”.

certidao-de-regularidade-inss-nada-consta

Caso você não consiga acessar a declaração de regularidade, pode ser que exista alguma pendência, como por exemplo vários meses em atraso.

Para resolver essa situação você precisará comparecer a uma agência da previdência, pessoalmente ou por meio de procurador. Apenas depois de regularizar a sua situação você será capaz de emitir a Declaração de Regularidade pela internet.

Se a sua situação estiver toda em dia, será fácil tirar a Declaração de Regularidade online.

Na mesma página onde o documento é emitido você poderá também testar a sua autenticidade. Esse é um procedimento que serve mais para saber se uma Declaração de Regularidade é mesmo verdadeira. Isso é importante especialmente para combater fraudes, pois infelizmente já houve casos de pessoas que falsificaram a certidão de regularidade.

Isso é tudo que você precisa para acessar a Declaração de Regularidade de contribuinte individual no site da Previdência Social.

Faça o teste agora mesmo, visite a página do INSS e retire a sua certidão de regularidade. Se encontrar problemas, procure uma agência o mais rápido possível para resolver, pois quanto mais o tempo passa, mais dor de cabeça você poderá ter no futuro. Saiba mais e emita acessando o site www.nadaconsta.net

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Transferência de Benefício em Manutenção

Transferência de benefício do INSS para outro banco: é possível?

O Instituto Nacional da Seguridade Social oferece vários serviços aos seus segurados. Tudo para proporcionar comodidade e conforto àqueles que precisam dos serviços desse órgão. A Transferência de Benefício em Manutenção (TBM) é um deles.

transferencia-de-beneficio-inss

Vários contribuintes precisam alterar os dados bancários e de cadastro junto ao INSS. Imagine que você se mudou de cidade, por exemplo. Para poder alterar a sua agência do INSS, deverá solicitar a Transferência de Benefício em Manutenção. Isso porque alterações cadastrais importantes só podem ser feitas na sua agência de origem.

Saiba tudo sobre o pedido de TBM (siga pela qual o procedimento também é chamado), acompanhando o artigo abaixo e saiba exatamente como proceder quando precisar alterar dados bancários do INSS.

É importante que o procedimento seja realizado corretamente, até para que você não tenha suspensões ou, pior, o benefício depositado em conta incorreta. Descubra agora como funciona esse importante serviço oferecido pelo INSS.

Para que serve o pedido de TBM?

Dessa forma, para não precisar viajar sempre até a sua cidade antiga para fazer alguma alteração, você pode requerer a Transferência de Benefício em Manutenção. Logo, a agência da sua cidade passará a ser responsável por essas questões. E o procedimento para a transferência é muito simples. Você só precisa comparecer a nova agência do INSS, portando seu documento CPF.

Esse é um serviço muito útil da previdência, pois em qualquer agência você consegue informações gerais e até mesmo no site do Governo Federal.

Formulário transferência de benefício de manutenção

Para que você possa pedir a TBM, deve preencher um formulário solicitado na previdência social. Nele, você deverá inserir todos os dados requeridos, bem como informar a agência e o banco para o qual quer que seu benefício seja transferido.

Mas alterações nos dados cadastrais só podem ser feitos em uma agência. E você pode escolher qual! Escolha a que fica mais próxima de você, ou onde você achar mais conveniente.

transferencia-de-beneficio-em-manutencao-inss

Infelizmente, não é possível fazer a Transferência de Benefício em Manutenção pela internet. A troca de agência deve ser feita pessoalmente, com o preenchimento do formulário de transferência de benefício de manutenção do INSS.

Modelo de TBM

Separamos um modelo de formulário de Transferência de Benefício em Manutenção para você preencher, confira: Modelo Transferência de Benefício em Manutenção

Pedir benefício do INSS em outro banco

Imprevistos e mudanças acontecem na vida de quaisquer pessoas. Desse modo, seria impossível que o INSS não permitisse a alteração de dados bancários, não é mesmo? Como se vê, esse é um serviço do INSS que é muito útil.

Agora que você já sabe o que é a Transferência de Benefício em Manutenção, está na hora de solicitar a mudança de agência.

Pare de se deslocar longas distâncias para solicitar alterações cadastrais e informações bancárias. Compareça a uma agência do Instituto Nacional da Seguridade Social de sua preferência e solicite a TBM.

A Transferência de Benefício em Manutenção do INSS é um direito seu, como contribuinte ou beneficiário. Faça já o seu requerimento e aproveite esse importante serviço para pedir benefício do INSS em outro banco.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Empresa não deposita INSS: O que fazer? Consulta

Como saber se INSS está sendo depositado?

Se você é trabalhador e está desconfiado que o seu empregador anda faltando com o dever de recolher as suas contribuições sociais, fique atento. Esse é um grave problema que pode te prejudicar no futuro. Por isso é importante consultar se a empresa está depositando o INSS. O procedimento é bem simples e pode ser feito de forma rápida pela internet.

empresa-nao-deposita-inss-o-que-fazer-consulta

Por que você deve consultar depósito de INSS?

Muitos empregados se perguntam o que fazer quando a empresa não deposita o INSS. A realidade no Brasil é que muitos empregadores deixam de fazer o depósito de propósito, para economizar nas despesas. E isso é péssimo para você que é trabalhador e depende da contribuição para se aposentar e ter os benefícios previdenciários.

Agora está fácil para você colocar o seu empregador contra a parede. Tudo que você precisa fazer é consultar o CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais).

Isso mesmo, é possível consultar depósito de INSS pela internet! Dessa forma você ficará sabendo se a empresa em que trabalha está ou não depositando os valores previdenciários.

Consultar contribuições para o INSS pela internet: como fazer

Se você vai fazer essa consulta pela primeira vez, será necessário cadastrar uma senha eletrônica.

Você pode fazer isso indo até uma agência da Previdência Social ou ligando na Central de Atendimento pelo 135.

Outra forma de saber se a empresa está depositando o INSS é pedindo um extrato no Banco do Brasil, caso você seja correntista desse banco. O procedimento no Banco do Brasil pode ser realizado através dos caixas eletrônicos ou mesmo por intermédio de um atendente do banco.

Assim como no Banco do Brasil, os correntistas da Caixa também têm a opção de retirar um extrato com essas informações.

consultar-recolhimento-deposito-inss-previdencia

Como denunciar empresa que não deposita INSS?

O empresário que não deposita INSS estará cometendo crime de apropriação indébita previdenciária, que, aliás, tem uma pena bem alta e pode dar cadeia.

Caso seu INSS não tenha sido depositado e nada de o seu empregador se manifestar, tome uma atitude e denuncie, especialmente para o Ministério Público Federal.

E você não precisa esperar até ficar aposentado para pedir a correção. Basta levar seus documentos pessoais no INSS, como CPF, RG, carteira de trabalho, pois o INSS colocará diretamente no sistema as contribuições que não foram eventualmente repassadas pelo seu empregador.

Esse tipo de situação é muito séria e pode trazer grandes problemas para o empregador. Desse modo, certifique-se de que nenhum problema técnico ocorreu antes de denunciá-lo.

Uma boa conversa também pode resolver. Mas, se não der certo, procure os seus direitos imediatamente. Não seja prejudicado perante o INSS, afinal de contas, não é nada fácil se aposentar, imagina com contribuições faltando?

Agora que você já sabe o que fazer se a empresa deixar de depositar o INSS, faça valer os seus direitos. Faça uma consulta sempre que quiser conferir se os depósitos estão em dia e cobre do seu empregador caso haja algum pagamento em falta no sistema.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Extrato de contribuições a Previdência Social

Previdência Social Extrato de contribuições

Se você é contribuinte do Instituto Nacional da Seguridade Social, saiba que pode contar com um importante serviço. Trata-se do Extrato de contribuições à Previdência Social, um relatório que mostra todas as contribuições que você já realizou. Dessa forma é possível que você tome ciência de quanto já contribuiu para esse órgão.

extrato-previdencia-social

Extrato de contribuições INSS

Através desse relatório você terá acesso a várias informações, como os seus vínculos de trabalho, nome do empregador e também dados sobre todas as suas contribuições previdenciárias. Para emitir Extrato de contribuições à Previdência Social é muito simples. O serviço está disponível pela internet, através do meu INSS.

Quer saber tudo sobre o extrato INSS? É só acompanhar o artigo, pois vamos lhe ensinar o passo a passo sobre como emitir o extrato INSS.

O que é extrato INSS?

Antes de mais nada, é importante saber o que é o extrato INSS e para o que serve. O extrato INSS serve como um verdadeiro tipo de controle por parte da previdência social dos depósitos realizados que se refiram às contribuições previdenciárias.

Através do extrato de contribuição INSS é possível verificar todas as contribuições feitas pelo empregador, se for o caso, ou, ainda, pelo próprio contribuinte, nos casos em que incumbirá a ele fazer o pagamento das contribuições diretamente.

O extrato previdenciário INSS é uma excelente ferramenta de controle, portanto. É através dela que você poderá saber se a empresa está depositando o INSS, se a sua situação está regular, dentre outras questões importantes para que você não venha a ter dores de cabeça futuramente.

Como emitir extrato previdenciário INSS?

Para tirar o Extrato de contribuições à Previdência Social você precisará apenas criar uma senha. Após esse procedimento, o acesso estará liberado e você poderá consultar o relatório sempre que precisar. Tanto contribuintes individuais quanto prestadores de serviços podem fazer a consulta do extrato pela internet, mediante cadastro de senha eletrônica.

consulta-extrato-inss-contribuicoes

Outra possibilidade é tirar o Extrato de contribuições à Previdência Social no Banco do Brasil. Se você é cliente desse banco, basta comparecer a uma das agências mais próximas de você e solicitar a emissão do relatório. A Caixa Econômica Federal também está habilitada a emitir esse documento para os seus clientes bancários.

Agora que você já sabe para que serve o Extrato de contribuições à Previdência Social, está na hora de fazer o seu primeiro acesso na página meu INSS. Entre com a sua senha eletrônica e emita o relatório em questão de minutos.

Se ainda não possui uma senha, poderá criar de forma rápida. Tudo sem a necessidade de se deslocar até uma agência da previdência social. Emitir o Extrato de contribuições à Previdência Social pela internet é a forma mais fácil de ater acesso a todas as contribuições que você já fez ao INSS. Tudo em um relatório completo. Aproveite essa comodidade do INSS e saiba qual é a situação das suas contribuições usando o extrato INSS. Ele pode ser expedido quando você quiser e puder.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Mensalidade de Recuperação

Mensalidade de recuperação INSS

Se você estava aposentado por invalidez pela Previdência Social, mas foi verificada a sua recuperação, é bom ficar atento aos novos valores do seu benefício. Existem basicamente duas situações possíveis. Você pode perder completamente o benefício de aposentadoria ou receber Mensalidade de Recuperação. Descubra um pouco mais sobre essa situação.

mensalidade-de-recuperacao-inss

O que é mensalidade de recuperação?

Muita gente se pergunta o que é a Mensalidade de Recuperação. Trata-se de um valor pago ao segurado por até dezoito meses após a recuperação parcial ou recuperação que ocorra depois de cinco meses da concessão do benefício.

Ou seja, se você se recuperar parcialmente ou depois de 5 anos de ter se aposentado, terá direito à Mensalidade de Recuperação.

Agora, se a sua recuperação foi total e anterior ao período de cinco anos, existem duas possibilidades.

Ou você perderá de imediato o benefício previdenciário ou receberá o valor pelo mesmo número de meses que já havia recebido. Se você ficou dois anos recebendo, terá a aposentadoria por mais dois anos. Nesses casos você não receberá o valor da Mensalidade de Recuperação.

Como funciona a mensalidade de recuperação?

Caso a sua situação se encaixe no primeiro exemplo, ou seja, se a sua recuperação foi parcial ou após o prazo de cinco anos, saiba como funciona da Mensalidade de Recuperação. Durante os seis primeiros meses após a recuperação você receberá o valor integral do benefício. Isso significa mais seis meses recebendo a aposentadoria integral.

Nos seis meses posteriores, o valor será cortado pela metade. E nos seis meses finais, totalizando um período de dezoito meses, você receberá apenas 15% do valor do benefício. Quem recebe Mensalidade de Recuperação pode trabalhar normalmente, pois não há vedação expressa na lei.

mensalidade-de-recuperacao

Problemas com a mensalidade de recuperação

Com a reforma da previdência, o governo federal decidiu fazer um verdadeiro mutirão para avaliar a situação de aposentados, pensionistas e beneficiários de todo Brasil. Com isso, diversas pessoas que recebiam aposentadoria por invalidez e auxílio-doença não foram aprovadas na perícia marcada pelo INSS.

A depender do período de afastamento, como se viu acima, pode ser que essas pessoas recebam a mensalidade de recuperação. Entretanto, atente-se ao fato de que o INSS só pode retirar benefícios se houver efetiva melhora ou, ainda, se o problema que gerou o recebimento de valores tiver sido resolvido e a pessoa puder trabalhar normalmente.

Caso você tenha passado pela perícia médica do INSS e teve seu benefício negado, a dica é: não deixe de recorrer. É provável que o seu recurso não seja aceito, entretanto, isso te dá algum prazo para que você possa fazer novos exames particulares a fim de comprovar que você não tem condições de trabalhar.

Depois do prazo de recurso, se for o caso, não deixe de entrar com uma ação judicial contra o INSS, pois é realizada uma nova perícia, por perito da Justiça Federal, onde o tratamento é bem diferente.

Em resumo, a Mensalidade de Recuperação é um benefício pago por tempo determinado para quem se recuperou, de acordo com o certificado de capacidade fornecido pela própria Previdência. Fique atento a esses detalhes e faça valer os seus direitos como contribuinte.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Aposentados do INSS

INSS Aposentados

Se você tem direito à aposentadoria do INSS, mas está preocupado que essas mudanças possam interferir para você, saiba que tudo vai depender do que for aprovado pelo Poder Legislativo e, depois, pelo Presidente da República.

Infelizmente, o atual panorama do Brasil é o seguinte: muitos jovens, adultos e idosos e poucas crianças e adolescentes. Mas por que isso é relevante para a aposentadoria, benefícios e pensões concedidos pelo Governo?

aposentados-do-inss1-300x242

A aposentadoria no INSS é um direito conquistado pelo trabalhador devido aos seus anos de trabalho em que contribuiu com a previdência. Quando se aposenta, a pessoa tem direito a receber determinado valor por parte do governo, dependendo do motivo da aposentadoria e do tempo de carteira assinada que a pessoa tem, ou seja, quantos anos contribuiu.

Aposentadoria da Previdência Social

Já está liberada a lista da revisão de teto que irá dar reajustes de valores de até 117 mil beneficiados, então se você é pensionista ou aposentado do INSS, não deixe de conferir para saber se você é um dos contemplados.

Desde agosto está liberado o aumento de 239 reais. Mas os beneficiários devem consultar toda a documentação para ter certeza de que está tudo certo ou de que não estão sendo prejudicados.

A aposentadoria no Brasil ainda é algo precário, porém funciona e todos os inválidos, idosos ou pessoas com doenças degenerativas ou psiquiátricas tem esse direito garantido por lei. Mas ainda assim o valor de aposentadoria é baixo no Brasil a não ser que você contribuiu com parcelas extras para complementar a sua aposentaria ou ganhava um salário muito alto.

Com o tempo a aposentadoria tende a desaparecer, pois ela é sustentada pelos impostos pagos com o trabalho dos jovens. Mas os idosos estão aumentando muito, o que quebraria a economia caso fosse mantido o atual modelo de aposentadoria que está passando por reformas afim de evitar o pior. Então deve-se aumentar os impostos para suprir o desfalque de jovens que devem pagar mais e mais para se aposentar no futuro pelo INSS.

Se você deseja acompanhar as últimas noticias sobre os aposentados do INSS e ficar pode dentro das novas leis, tabelas de pagamento e muito mais é só acompanhar o site.

Reforma na Previdência

A Previdência Social funciona com base em um princípio chamado de “Princípio da Solidariedade”. O que isso quer dizer? Quer dizer que aquelas pessoas que estão trabalhando pagam, com suas contribuições mensais, a aposentadoria de quem já está aposentado.

reforma-da-previdencia-aposentados

Tecnicamente, o dinheiro entra na conta da Previdência Social e já sai, com o pagamento das aposentadorias. A ideia desde a criação da Previdência Social era de que esse dinheiro tivesse algum rendimento. Entretanto, na situação atual, nem sequer há tempo de fazer isso.

Porém, esse desequilíbrio entre o número de pessoas que trabalham com as já aposentadas está fazendo com que o Governo Federal tenha que retirar dinheiro de outros lugares para pagar as aposentadorias do INSS.

Só que são milhares de brasileiros que recebem benefícios, pensões e aposentadorias, o que equivale a milhares de reais todo o mês. Se o crescimento populacional continuar assim, vai chegar um momento em que a Previdência Social e nem sequer o Governo vai conseguir pagar as aposentadorias INSS, pois seriam muitas pessoas aposentadas para poucas pessoas contribuindo, ou seja, fazendo o dinheiro da Previdência Social “circular”.

Muitas pessoas se dividem sobre esse assunto, pois acreditam que o Governo poderia economizar em outros lugares, sem alterar as regras, que já são um pouco duras, para que uma pessoa consiga se aposentar pelo INSS.

Aliás, conseguir empregos formais, ou seja, com carteira assinada e que dão direito a todos esses benefícios do INSS não é muito fácil, especialmente diante da crise que assola o Brasil nesse momento, o que leva muitas pessoas a fazerem os chamados “bicos”, que são trabalhos informais que geralmente não trazem quase nenhum benefício trabalhista, muito menos aposentadoria integral, aposentadoria parcial, auxílio-doença, seguro desemprego e muitos outros.

Assim, muitas pessoas deixamde pagar o INSS.

Desse modo, considerando também a expectativa de vida das pessoas, que aumentou nos últimos anos, o Governo considera que as pessoas podem trabalhar mais e, por isso, uma reforma é necessária para estabilizar as contas públicas.

Agora que você já entendeu os motivos do Governo, não deixe de pedir a aposentadoria do INSS caso preencha os requisitos e queira solicitar.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

INSS Ribeirão Preto – Telefone, Endereço, Postos de Atendimento

Postos de Atendimento da Previdência Social em Ribeirão Preto SP

Alguns serviços são tão importantes para a população que é essencial que você saiba mais informações sobre ele. Um destes serviços essenciais é o INSS. O INSS atende à população como um todo em todo o país, inclusive na cidade de Ribeirão Preto. O INSS de Ribeirão Preto atende à população desta que é uma das principais cidades do interior paulistano. Confira mais detalhes sobre os serviços do INSS e os postos da Previdência Social em Ribeirão Preto.

inss-ribeirao-preto

O Instituto Nacional de Seguridade Social, conhecimento por todos pela sua sigla INSS, é o local que cuida da proteção social do trabalhador. Este órgão público atende a toda a população, sempre buscando oferecer os melhores serviços para todos.

Se você quer saber informações ou mesmo se cadastrar no INSS é o local que você deve procurar. Além de cuidar de aposentadorias no INSS você também poderá solicitar alguns outros benefícios. São diversos programas e ações que visam oferecer a todas as pessoas do país que são trabalhadoras proteção social em um sentido amplo.

Além de oferecer acesso a estes benefícios você poderá obter no INSS qualquer tipo de informação relacionada aos seus serviços, tendo em vista que o INSS preza por este amplo acesso. Para isso você poderá ter acesso a informações sobre todos os serviços desenvolvidos pelo INSS em qualquer uma de suas unidades, inclusive no INSS Ribeirão Preto. Além disso você também poderá acessar todas as informações pelo site.

Endereço do INSS Ribeirão Preto

O INSS Ribeirão Preto fica localizado na Rua Amador Bueno, 479, na própria cidade de Ribeirão Preto no estado de São Paulo. Para saber mais informações você poderá entrar em contato com o INSS de Ribeirão Preto pelos Telefones 16 3211 4619 / 3211 4618.

Para atendimento no INSS Ribeirão Preto compareça ao endereço indicado em horário comercial e tenha acesso a todos os serviços do INSS sem dificuldades nem complicações. Em caso de dúvidas ligue antes de ir até o posto de atendimento.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Dataprev – Cnis, Nit e GPS

GPS, Cnis, Nit – Dataprev

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social, mais conhecida pelo seu nome popular, Dataprev, é uma empresa pública nacional que é responsável por cuidar do banco de dados da Previdência Social do Brasil. Tendo visto a quantidade de registros nessa base de dados, a gente pode ter uma ideia de como deve ser difícil e importante esse trabalho, tanto para a política quanto para a sociedade. Sua sede fica no Distrito Federal, mas tem unidades em todos os estados brasileiros, entre unidades regionais e unidades de atendimento.

dataprev-cnis-gps-nit-300x230

Dois motivos para o DATAPREV ser uma empresa muito bem conceituada e servir de referência, não só no Brasil, mas no mundo inteiro, são que o órgão nunca atrasou a folha de pagamento dos benefícios devidos aos cidadãos e o fato de possuir o maior banco de dados da América Latina. Além disso, a Dataprev trabalha duro para facilitar sempre mais a vida do contribuinte, dando, por exemplo, a possibilidade de fazer suas consultas online, sobre as mais diversas finalidades, em sistemas criados e administrados pelo próprio DATAPREV.

DATAPREV Consulta

As principais consultas do Dataprev feitas no site são a Consulta do Extrato de Pagamento Dataprev, Consulta da Situação do Benefício Dataprev, Consulta da Memória de Cálculo do Benefício Dataprev, Simulação do Cálculo da Renda Mensal Dataprev e a Consulta do Tempo de Contribuição Dataprev. Para fazer estas consultas bastar ter em mãos alguns dados pessoais, como seu Nome, CPF, Data de Nascimento e o Número do Benefício. Em alguns casos, são pedidos outros dados do contribuinte, mas a maioria das consultas citadas acima, são feitas apenas com estes documentos. Vale lembrar que, como de praxe, haverá um campo para inserir o código da imagem, para de evitar consultas de sistemas automáticos.

Nessas consultas, as informações que podem ser adquiridas são as de identificar o tempo de contribuição já oferecido, uma estimativa da renda mensal do cidadão e, ainda, por quanto tempo ocorreu a devida contribuição. Não há dúvida de que a principal consulta feita pelos usuários do site da Dataprev, é a consulta do benefício INSS, benefício que garante ao cidadão o direito de aposentadoria remunerada todo mês depois de determinada data ou de acordo com certo tempo de contribuição. Este benefício é dado pelo Governo Federal em parceria com a Previdência Social que permite aos cidadãos contribuintes, realizarem consultas online da situação do seu benefício. Mas hoje viemos falar do NIT, do CNIS e do GPS.

Dataprev NIT Consulta

O NIT é o número de inscrição do trabalhador, que é dado ao cidadão que se cadastra no Regime Geral de Previdência Social, órgão que faz o cadastro para o cidadão que deseje se matricular na Previdência Social, mas não tenha em mãos o número do seu PIS/PASEP ou NIT, para criar este número e realizar sua inscrição. Tendo em mãos o RG, ou Certidão de Nascimento/Casamento, a Carteira de Trabalho e Previdência Social e o CPF, o cidadão faz sua inscrição, inclui seu nome no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais). Para consultar  o NIT no Dataprev acesse:  www010.dataprev.gov.br/cws/contexto/censonit/index.html e informe o número do NIT, os caracteres da imagem de segurança e clique em Confirmar.

Dataprev CNIS

Já o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) registra o nome de todos os cidadãos contribuintes brasileiros. Para consultar o seu CNIS no Dataprev, você deve acessar o site: www1.dataprev.gov.br/conweb/sp2cgi.exe?sp2application=conweb informar o NIT, a Senha, e quais informações procura, se são os Benefícios, as Contribuições, as Remunerações ou todos. Depois, é só clicar em confirmar.

DATAPREV GPS

Para consultar seu GPS, suas Guias da Previdência Social, o Dataprev disponibilizou duas páginas na Internet para pagar débitos previdenciários inscritos em Dívida Ativa da União (DAU). Além de emitir o GPS, a página permite consultar alguns dados básicos dos débitos previdenciários dos cidadãos, como o número e o valor do débito, o percentual de encargo legal ou de honorários advocatícios, dependendo do caso, e a informação relacionada ao ajuizamento ou não-ajuizamento do débito.

Uma dessas páginas é destinada à Justiça Federal e pode ser acessada no menu Emissão de GPS para créditos ajuizados, que fica no portal do e-CAC, disponível no site da PGFN com o nome de “Acesso Justiça”, no menu de “Serviços mais procurados”. Nessa página, os juízes podem emitir guias para pagamento de todos os créditos previdenciários ajuizados dos cidadãos. Os Procuradores da Fazenda Nacional também tem acesso a essa página.

A segunda página é para o público e os cidadãos em geral, disponível através do link Emissão de GPS, também do e-CAC. O cidadão poderá emitir guias para pagamento de seus créditos previdenciários ajuizados e não-ajuizados. A senha para utilizar essa segunda página deve ser a mesma usada nos serviços previdenciários da Receita Federal, que pode ser obtida através do site da Receita Federal (http://www.receita.fazenda.gov.br/).

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Reforma da Previdência – O que muda, Regras

Reforma da Previdência Regras de Transição

Já conhece todas as reformas pelas quais a previdência está passando? Confira agora tudo sobre ela para os próximos anos e entenda as novas regras da reforma da previdência.

A previdência é o sistema pelo qual os brasileiros são assegurados ao direito da aposentadoria. Graças a ela as pessoas ao chegarem a certa idade, ou um determinado período de contribuição, poderiam aposentar-se e receber um salário pelo seu tempo de contribuição.

reforma-da-previdencia

No entanto, para receber este beneficio, era preciso cumprir uma série de regras que atualmente sofreram algumas variações. Com o novo governo em 2021, uma das primeiras ações do mesmo foi estipular a reforma da previdência.

Com as regras da nova previdência, as idades para aposentadoria mudaram, o tempo de contribuição e até a quantidade que os aposentados irão receber. Por tanto, foi uma mudança drástica, mas que ainda precisa ser aprovada pelo senado para que entre em vigor. Em este post, mostraremos o que muda na previdência realmente a partir da aprovação e para os próximos anos, pois para muitos brasileiros, esta reforma ainda possui questões duvidosas, ou que não ficaram muito claras pela mídia.

Quais foram as principais mudanças da reforma da previdência

A principal e mais conhecida mudança nas regras da nova previdência é a idade dos brasileiros. Com a nova proposta, os homens poderão estar aposentando-se com 65 anos de idade, e as mulheres com 62 anos de idade.

O que muda na previdência como mencionado também é o tempo de contribuição dos trabalhadores, colocando como 25 anos o período mínimo para aposentar-se do seu emprego, com um salário mínimo. Os trabalhadores que exercem atividade na zona rural também precisarão cumprir este período de contribuição ao INSS para aposentar-se.

Já para as pessoas que trabalham nas empresas públicas, os considerados servidores públicos, poderão aposentar-se entre 60 e 55 anos para homens e mulheres. O tempo do servidor público é inferior ao do trabalhador em empresa privada, mesmo contribuindo da mesma forma com o INSS.

reforma-da-previdencia-regras

Para muitos economistas, esta mudança considerada como reforma da previdência foi considerada como positiva, a mesma está sendo votada e a tendência é de que as novas regras da previdência sejam aprovadas. Desta forma fica mais fácil entender o que muda na previdência com esta polêmica reforma que marca presença nos jornais todos os dias.

O que é questionado é sobre o entendimento dos trabalhadores brasileiros sobre a nova previdência. Será mesmo um beneficio para todos? Muitos deles possuem o pensamento de que com a nova mudança os mesmos não poderão chegar à aposentadoria, ideia esta que para o governo não é algo que possa acontecer.

Esta regra não começa a valer para todos os brasileiros, aqueles que estão quase aposentando-se poderão ainda usufruir das regras antigas, não serão inclusos na reforma da previdência que estrará em vigor este ano. Mas para a maioria dos brasileiros, as novas regras estarão valendo para aqueles que irão aposentar-se no novo período, que teve pouca diferença em relação à previdência anterior.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Perícia Médica negada – O que fazer?

Perícia Médica Indeferida

O Instituto Nacional da Seguridade Social recebe todos os dias centenas de pedidos de benefícios. Entre eles está o auxílio doença, que só é concedido mediante a realização de perícia médica. Saiba o que fazer se a perícia médica for negada pelos funcionários desse órgão. Existem algumas medicas que você pode colocar em prática para garantir seus direitos.

pericia-medica-indeferida-o-que-fazer

Perícia médica negativa: reconsideração da perícia

Se você entende que a decisão do INSS foi equivocada, poderá reagir a ela de duas formas.

A primeira delas é o pedido de reconsideração de perícia médica negada. Trata-se de uma solicitação realizada junto ao INSS para que o órgão avalie o seu caso mais uma vez, mas com mais cuidado. Isso porque muitas vezes o órgão comete equívocos de ordem administrativa.

O pedido pode ser realizado pelo site da Previdência Social, pelo central de atendimento pelo telefone ou pessoalmente na sua agência.

Recurso contra perícia negada INSS

O pedido pode ser feito em até trinta dias contados da data em que a sua perícia foi negada pelo INSS. Outra forma de recurso contra perícia médica negada é através do Pedido de Recurso. Esse é um procedimento mais burocrático, que obriga o órgão a enviar sua questão para uma instância superior.

O que fazer quando a perícia INSS é negada?

São essas opções que você possui caso esteja se perguntando o que fazer quando a perícia médica é negada.

Nunca deixe de fazer valer os seus direitos, pois você é um contribuinte como todas as outras pessoas. Suas demandas previdenciárias devem ser tratadas com atenção e falhas não podem acontecer.

Caso esteja se sentindo prejudicado pela resposta negativa da previdência, recorra imediatamente.

Perícia médica negada: ação judicial vale a pena?

Se você teve perícia médica do INSS negada, não deixe de entrar com uma ação judicial. Até por conta da alta demanda, muitas vezes os peritos do INSS nem sequer conseguem examinar as pessoas direito. Além disso, dizem por aí que a recomendação do governo federal é que as perícias sejam mesmo negadas.

pericia-medica-negada

Mas se você não acredita em teoria da conspiração, saiba que entrar com uma ação judicial contra aperícia INSS negada é o seu direito.

Muitas vezes é só ir ao juizado da justiça federal e nem precisa pagar nada por isso. A vantagem é que o juiz federal vai pEdir uma nova perícia, a qual não será feita por peritos do INSS, mas sim por peritos da Justiça Federal. Logo, espere um olhar diferente durante o seu atendimento, que muito provavelmente será melhor e mais eficiente.

Há relatos de muitas pessoas que tiveram perícia do INSS negada, recursos negados, mas ao entrar com a ação judicial, o perito da justiça federal deu razão ao beneficiário. Assim, conseguiram a aposentadoria do INSS de volta, sem contar em uma expressiva indenização por perdas e danos.

Agora que você já sabe como resolver perícia média negada, corra atrás dos seus direitos. Não aceite a decisão do INSS se julgar que ela está incorreta e que a sua situação está sim abarcada pelo direito de auxílio-doença ou qualquer outro benefício previdenciário.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Código de ocupação INSS

INSS Código de ocupação

O CBO chamado também de Código de ocupação ou mesmo Classificação Brasileira de ocupações é uma publicação que classifica as várias atividades dos trabalhadores do país, nos mais diversos setores de atividades, tanto em setores públicos como também em setores privados, a seguir confira a tabela de código de ocupação do INSS.

codigo-de-ocupacao-inss1

Através destas publicações, as profissões costumam ser catalogadas e ainda numeradas e a OIT – Organização Internacional do Trabalho costuma retirar desta publicação para confeccionar o código internacional de Ocupação.

Para que se tenha ideia no ano 2000, o ministério do Trabalho na obrigação de realizar a atualização do CBO, contratou a FIPE –  Fundação Instituto de Pesquisas – da USP.

Resultados do CBO INSS

Os pesquisadores da FIPE realizaram um ótimo trabalho para se colaborar em todas as atividades e elaborar novos códigos e perfis de outros profissionais secretários de empresas e também de instituições governamentais.

Depois de um intenso trabalho que durou meses, foram levantadas todas as atividades de profissionais, e pode-se definir algumas classificações, além de inserir os termos Executivo, os termos bilíngue, de Presidência de Diretoria, além de Assistente, Assessor, e ainda Auxiliar que, aliás, já é alguém bastante antigo no mercado.

Confira também: Tabela de Códigos do INSS

No ano de 2010 se percebendo a necessidade através de novos questionamentos da sociedade e ainda do aparecimento dos cursos tecnológicos, houve a necessidade de acontecer uma nova análise das áreas e também competências de várias profissões e ainda a inclusão de cursos de tecnologia.

Como funcionam as ocupações

Estas ocupações são acessíveis para pessoas que tenham dois anos ou mais em experiência e domicílios ou mesmo instituições cuidadoras públicas ou privadas, além de ONGs, funções supervisionadas de pajem, auxiliar de cuidador, cuidando de pessoas das mais variadas idade. O aceso ainda ao emprego também acontece por meio de cursos e treinamentos de formação profissional básicos e ainda concomitante ou após a formação mínima que varia da quarta série do ensino fundamental até o ensino médio. Podem ainda se ter acesso aos trabalhadores que vem sendo reconvertidos da ocupação de atendentes de enfermagem. No caso de atendimento a indivíduos com elevado grau de dependência exigindo a formação na área de saúde.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Greve dos Bancos, Agências INSS

Greve Agências INSS e Bancos

Muitos aposentados e pensionistas passam dificuldades para sacar os benefícios com a greve dos bancos. Se você está nessa situação, descubra como fica o pagamento do INSS com a greve dos bancos.

greve-inss

Existem muitas alternativas para que você possa fazer os saques normalmente, sem prejuízo. Não deixe de usar o seu benefício previdenciário em razão da greve bancária.

Como faço se o INSS entrar em greve?

As agências do INSS abrem com a greve dos bancos, o que significa que você poderá resolver todas as suas demandas com a previdência normalmente.

Com relação ao saque dos valores, seja da aposentadoria, pensão ou qualquer outro benefício, poderá fazer nos caixas eletrônicos. Eles estão localizados em rodoviárias, aeroportos, shoppings e também em alguns estabelecimentos comerciais.

Além dessa possibilidade, uma das recomendações é que você vá a uma agência do INSS durante a greve dos bancos, para ter mais informações.

O saque dos valores, se você já recebe o benefício, pode ser feito através de um dos correspondentes bancários.

São estabelecimentos que oferecem o serviço de retirada de valores, como a Caixa Econômica Federal. Os correspondentes bancários não entram de greve.

A agência do INSS abre com a greve bancária?

Muitos contribuintes e beneficiários não sabem, mas as agências do INSS abrem durante a greve dos bancos. Isso porque não existe relação direta entre o Instituto Nacional da Previdência Social e os bancos.

O INSS é uma autarquia, enquanto o Banco do Brasil, por exemplo, é uma empresa pública. Os serviços prestados, apesar de estarem relacionados, são diversos.

Então você não precisa ficar preocupado. A greve dos bancos é sempre um transtorno, pois acaba mudando a rotina dos brasileiros que dependem do serviço.

Mas como as agências do INSS funcionam durante a greve dos bancos, tudo pode ser resolvido da mesma forma.

greve-dos-bancos

Claro, é possível que você encontre filas nas agências e também nos caixas eletrônicos, mas é melhor do que ficar sem resolver sua vida.

Por que o INSS faz greve?

Diante das novas intenções do governo federal em revisar milhares e milhares de aposentadorias, pensões e benefícios para aliviar os cofres públicos, os servidores do INSS têm trabalhado de forma frequente e intensa.

No entanto, mesmo fazendo concursos recorrentes, os servidores do INSS entendem que não recebem o quanto deveriam, sem falar no fato de que as agências costumam ficar cheias de pessoas e o atendimento é demorado.

Por isso, caso haja grave do INSS, certamente os servidores pleitearão condições de trabalho melhores, especialmente considerando que a demanda aumentou e muito depois dos novos planos do governo federal para a reforma da previdência.

Segundo os trabalhadores, a greve do INSS serve tanto para melhorar as condições de trabalho, salários, mas também para que o atendimento seja melhor oferecido aos aposentados, pensionistas e beneficiários do INSS.

Caso tenhamos alguma nova informação sobre greve nos bancos e no INSS, certamente atualizaremos esse artigo para você! Fique atento e não se abale com a greve do INSS.

Você está no site Informações e Noções de Segurança Social que deixa você informado sobre seguridade social. Esse não é o site da Previdência Social!

Abrir Empresa MEI Rápido, Cadastrar MEI

Abertura de Empresa em 24 Horas

Se você é empreendedor e quer ser dono do próprio negócio, está na hora de se cadastrar como MEI. Esse procedimento é super importante para que você possa exercer o seu trabalho dentro da lei, pagando poucos impostos e gozando dos benefícios de ter CNPJ.

abrir-empresa-mei-rapido

Ser Microempreendedor Individual (MEI) é uma tendência. Existem muitas vantagens se fazer abrir uma empresa MEI e começar a investir no mercado. Afinal de contas, quem nunca sonhou em ser dono do próprio nariz? Agora você também pode seguir por esse caminho através de passos simples.

ABRA SUA EMPRESA AGORA

Cadastrar Empresa MEI

Decidiu abrir uma empresa, mas não sabe por onde começar? Saiba que é possível ter o seu MEI empresa rápido, fácil e sem burocracia. Você pode cadastrar o seu negócio agora mesmo. Não atue sem os registros legais, faça parte do time de empreendedores que apostaram no mercado.

O cadastro de MEI pode ser feito totalmente pela internet. Isso mesmo, através do site específico você é capaz de cadastrar MEI online. Essa ferramenta de cadastro surgiu para facilitar a vida de quem deseja abrir uma empresa, mas que não quer passar por toda a burocracia que geralmente é exigida.

Atualmente abrir uma empresa MEI é rápido de verdade. Em poucos minutos você estará de posse de todos os dados sobre o seu registro. É preciso lembrar que o MEI está condicionado a alguns requisitos. Um deles é que o faturamento anual deve ser inferior a sessenta mil reais.

abrir-empresa-mei-rapido-e-facil-assessoria

Outro ponto importante é que ao abrir uma empresa MEI pela internet você só poderá contratar um funcionário. Isso ajuda muito, pois na maioria das vezes o empresário não consegue realizar todos os serviços sozinho. Poder contratar alguém para auxiliar na execução das tarefas da empresa é fundamental.

Melhor Preço para Abrir Empresa MEI – Assessoria Completa

Abrir Empresa MEI Rápido

Se você é empreendedor e ficou interessado por essa possibilidade única de abrir uma empresa MEI rapidamente, está na hora de acessar o site e fazer o seu registro. Ao preencher com as suas informações pessoais e profissionais você terá que optar pelo Simples, que é a forma simplificada de pagamento de tributos.

No Brasil o Microempreendedor Individual (MEI) paga poucos tributos. Isso significa que ao se cadastrar rápido como MEI você será um dos beneficiados por essa regalia tributária. Trata-se de uma forma que o governo brasileiro encontrou para incentivar que cada vez mais pessoas comecem a empreender.

servicos-mei-vale-a-pena-funciona

Outro ponto fundamental é que é possível abrir empresa MEI de graça. Nada será cobrado de você para se registrar como Microempreendedor Individual. Todo o procedimento, além de ser simples, é livre de custos. Ou seja, você só tem a ganhar ao fazer agora mesmo o seu registro de empresa MEI.

Ser empresário é o sonho de muitos brasileiros. Poder gerenciar os próprios ganhos, fazer investimentos e ter uma marca e um nome no mercado é maravilhoso. Muitas pessoas já fizeram isso e estão amando os resultados. Seja você também um microempreendedor individual. Faça agora mesmo o seu cadastro MEI rápido pela internet.

ABRIR EMPRESA MEI EM 24 HORAS